Passar umas Férias de Bicicleta

Fazer férias de bicicleta é uma das melhores maneiras de se conhecer um país, na opinião de quem já passou pela experiência. Existem muitas opções para o turismo em bicicleta: pode escolher pacotes que incluem itinerários, hotéis, transporte de bagagem, com um grupo ou por conta própria. Uma opção popular é a excursão de bicicleta e barco, em que o grupo – geralmente, menos de 30 pessoas – deixa o barco de manhã e regressa ao final do dia.

Bicycle RentalsPara quem preferir partir à descoberta, sem planos ou grandes apoios, não é difícil planear um itinerário e viajar sozinho. A maioria dos hotéis europeus possui instalações para o armazenamento de bicicletas e não é difícil viajar de comboio fazendo-se acompanhar por um velocípede. Existem também muitas empresas de aluguer de bicicletas, que facultam alugueres de longo prazo. É fácil encontrar online informação sobre itinerários, níveis de dificuldade e as rotas mais conhecidas em cada país, antes de fazer a escolha final.

Se gosta de fazer umas paragens no casino, mas sente que os percurso de bicicleta o deixarão afastado das casas de diversão por longos períodos de tempo, não deixe de pedalar por esse motivo. Instale a “app” do Casino Móvel no seu “smartphone” e jogue sempre que quiser. Quem sabe se não conseguirá um rendimento-extra para gastar ao longo da viagem?…

O exercício é desafiante, mas promete ser memorável, garantem aqueles que já o superaram e que prometem repetir. Eis alguns dos motivos que poderão motivá-lo à aventura:

  • Terá bastante tempo para andar de bicicleta, sem as distrações do dia a dia.
  • Terá igualmente tempo para o repouso e a descontração.
  • Se viajar nos meses da primavera e do verão, apanhará pela certa banhos de sol.
  • Se viajar em grupo, terá a oportunidade de conhecer pessoas novas.
  • Conhecerá novos locais e culturas.

Se estiver a ponderar qual o melhor destino para as suas férias de bicicleta, alguns dos melhores locais para a prática, no continente europeu, segundo publicação feita pelo jornal “The Guardian”, em janeiro de 2015, são:

  • Alpes e Pirenéus (França)
  • Sierra Nevada (Espanha)
  • Marmotte ou Maratona (França e Itália)
  • Trans-Alpes (Alemanha)
  • Andaluzia (Espanha)
  • Sardenha (Itália)
  • Vélo Ventoux (França)
  • Lanzarote (Ilhas Canárias)

As notas finais vão para quem viaja em família: leve consigo alguns lanches, para manter o entusiasmo e a boa-disposição. Faça-se também acompanhar por um estojo de primeiros-socorros e planeie a viagem de modo a incluir diversões. Previna-se com algumas peças de roupa quentes e… não arrisque em demasia!