cycling in PortugalPortugal é um excelente país para a prática do ciclismo, com belas paisagens, uma rica História e cultura, parques de campismo acessíveis e vários roteiros disponíveis online. Os preços baixos são, aliás, uma das vantagens que quem pretende fazer uma estadia prolongada no país encontra, tal como os bons vinhos e a hospitalidade do povo lusitano. Abril é o melhor mês para começar a prática, uma vez que as temperaturas sobem e o tempo de chuva termina.

Um dos trajetos que os visitantes de fora recomendam é o Caminho de Santiago, sobretudo para quem queira fazer o Caminho Português e pretenda conhecer o vicejante distrito do Minho, que oferece um forte contraste com as planícies quentes do Alentejo. O percurso inverso é também aconselhado, com partida em Lisboa, seguindo-se pela costa até Santiago, e eventualmente fazendo o restante percurso até ao ponto de partida do Caminho Francês, em Saint-Jean-Pied-de-Port. O itinerário de Lisboa e Salamanca é outra das boas alternativas que abrangem os dois países ibéricos.

Se quiser ficar a conhecer uma das tradições portuguesas de maior renome, impõe-se a passagem por Coimbra, onde o fado académico está bem vivo e faz a delícia dos visitantes que não estão familiarizados com a cultura musical portuguesa. Existe um parque de campismo perto da cidade e uma pacata vila, que vale a pena conhecer, a cerca de 30 km de distância: Góis.

Embora os ciclistas que vêm de fora do país relatem experiências bastante compensadoras e recomendem uma permanência demorada, convém fazer uma chamada de atenção para alguns riscos associados à prática do pedal em Portugal, já que os condutores nem sempre são confiáveis. Aconselha-se, pois, uma atenção redobrada aos pontos onde não existe visibilidade e aos trajetos com maior elevação. Outro aspeto importante é a falta de sinalização e de mapas detalhados.

Porém, o balanço final, sobretudo para quem não conhece o país, é positivo, com destaque para fatores como a beleza cénica, a variedade de pisos, a existência de infraestruturas adequadas para a prática do ciclismo e um povo amigável.