Como o Ciclismo Pode Ajudar o seu Corpo a Adaptar-se

A bicicleta é um exercício cardiovascular bastante benéfico para a saúde física, muitas vezes usado em complemento com a corrida e a natação, e favorecendo estes desportos.

Sendo uma atividade que produz pouco impacto físico, ajuda a melhorar a condição física geral, sem um grande desgaste para o corpo, melhorando a sua resistência. Além de fortalecer os músculos das pernas, treina outros músculos utilizados na corrida, como os quadríceps, os isquiotibiais e os glúteos.

Cycling Can Help Your BodyAumentando a capacidade cardiovascular, a bicicleta cria maior resistência e trabalha músculos complementares, acarretando menor esforço sobre os ossos e as articulações (joelhos e tornozelos), o que ajuda os atletas profissionais a desenvolver a sua aptidão física, sem impor demasiado stresse ao corpo. Além de exercitar a sua parte inferior, pedalar exerce também efeitos positivos sobre a parte superior do corpo, desde que exista uma prática regular, estabelecida em função da condição física, da idade e dos objetivos pretendidos por cada um. No entanto, bastam 10 minutos a pedalar para se constatarem efeitos sobre os músculos, a irrigação sanguínea e as articulações.

O ciclismo melhora, pois, a capacidade física geral, aumentando a resistência, a flexibilidade, a velocidade, a capacidade respiratória e apoiando o desenvolvimento de músculos que sofrem um grande desgaste noutros desportos. A nível dos seus benefícios para a saúde, é especialmente indicado para quem sofre de dores na coluna, doenças cardiovasculares ou tem excesso de peso. O sistema imunitário é outro dos favorecidos pela prática, utilizando o impulso das pedaladas para eliminar bactérias e células cancerígenas e reativando as células de defesa adormecidas no corpo, motivo pelo qual doentes com cancro e SIDA são encorajados a andar de bicicleta.

Finalmente, o cérebro recebe uma maior oxigenação, o que promove a clareza de pensamento. As endorfinas, conhecidas como “hormonas da felicidade”, são naturalmente geradas pelo exercício físico, pelo que a prática da bicicleta é considerada um antidepressivo natural, promovendo o bem-estar geral.