A Bicicleta como Meio de Transporte na Cidade

Há, hoje em dia, cada vez mais portugueses a utilizar a bicicleta para ir para o trabalho e isso também se deve à melhoria das infraestruturas e apoios.

Tem-se assistido, nos últimos 5 anos, a um enorme crescimento na prática de atividades físicas por parte dos portugueses. Enquanto alguém que corresse pelas ruas de Lisboa há 20 anos receberia olhares de estranheza ou bicyclesgozo, hoje em dia são centenas os lisboetas que correm diariamente em locais como o Parque das Nações ou o Estádio Universitário de Lisboa.
Com este estilo de vida, e também com o aparecimento de provas de triatlo, o uso da bicicleta foi muito popularizado. As pessoas parecem também ter começado a prestar mais atenção à alimentação, ao exercício ao ar livre ou em ginásio, e estes novos estilos de vida estão a provocar transformações na sociedade.

São já muitos os portugueses que trocam os carros e as incontáveis horas parados no trânsito pelas deslocações diárias de casa para o trabalho e vice-versa, utilizando a bicicleta. É mais económico, mais saudável e, curiosamente, em algumas zonas urbanas de Lisboa e do Porto, mais rápido durante as horas de ponta!

As autarquias estão atentas e investem na extensão da rede de ciclovias pelas cidades, assim como em protocolos com as empresas de transportes, que permitem que quem viva mais longe do local de trabalho possa transportar a bicicleta, de forma gratuita ou a preço reduzido, até estar a uma distância a partir de onde poderá deslocar-se a pedalar.

Para tornar as coisas ainda mais fáceis, existem já várias opções no antes muito limitado mercado das bicicletas dobráveis, que permitem reduzir o espaço ocupado em casa, nos transportes públicos ou no local de trabalho.

São inúmeras as razões para escolher a bicicleta como meio de transporte diário na cidade. Experimente e quase de certeza passará, pelo menos algumas vezes por semana, a deixar o carro em casa.